Por vezes, a vontade de treinar não chega para começarmos, de facto, a ter uma rotina de treino. Muitas vezes, ela é contrariada pela falta de tempo, por outras ocupações ou pela própria falta de vontade para iniciar naquele momento um novo ciclo na sua vida. Pensando neste problema, irei dar alguns conselhos e formas de treinar em casa e, assim, acabam as desculpas para não ir ao ginásio ou para não fazer exercício, tendo em conta que, hoje em dia, o ser humano luta constantemente contra o tempo e que esse mesmo tempo é, cada vez mais, um bem escasso na nossa sociedade.

Dicas

  1. Crie em sua casa um espaço onde se possa movimentar à vontade, sem correr o risco de partir algo ou de se lesionar durante os exercícios. Se conseguir um espaço bem generoso melhor ainda, porque aumenta o potencial para a realização do seu treino.
  2. Não se preocupe se não tem halteres ou barras com peso. Existem alternativas para suprimir essas lacunas, como por exemplo, o seu próprio peso ou objetos com peso que podem substituir os halteres, dando como exemplo sacos com areia e garrafões de água cheios. Com estes objetos pode fazer exercícios iguais aos do ginásio.
  3. Se tiver condições, poderá adquirir alguns equipamentos de baixo custo que vão auxiliar o seu treino. TRX, Caneleiras, Fitball e Roda de Abdominal são alguns equipamentos que são acessíveis e que permitem realizar um treino mais dinâmico e com maior leque de opções. No TRX, pode treinar abdominal, peito, braços, costas e pernas. Precisa apenas de ter um local forte e seguro para prender o equipamento e depois poderá realizar um treino divertido e desafiador. Com as caneleiras poderá adicionar peso ao seu corpo e tornar um exercício simples e fácil num mais complexo e difícil, visto que com maior peso o grau de dificuldade de execução do exercício irá aumentar. Ideal para treinar pernas e glúteo. A Fitball poderá ser conjugada com os dois anteriores ou, então, funcionar a solo. É ideal para treinar abdominal e pernas.

Como pode ver, treinar em casa pode ser um ato fácil e divertido. Associado a isso, criar um bom ambiente com música a seu gosto, torna a sua sala ou o seu quarto num ginásio onde se sente confortável.

Para finalizar, deixo uma dica geral: a maior motivação para começar algo parte de nós e só assim poderemos atingir os nossos objetivos.

Bons treinos e faça da sua casa o seu ginásio!

 

Por Marco Marçal

Professor de Educação Física, Instrutor de Fitness e Treinador de Futebol

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

14 − five =