É fundamental conhecer o tipo de pele do seu rosto para poder cuidar dela da melhor forma. Nem sempre é fácil fazê-lo, pois todos temos tipos de pele diferentes e a pele vai sofrendo alterações ao longo da nossa vida. No entanto, a pele pode ser classificada em quatro tipos: normal, oleosa, seca e mista. Fique, então, a saber qual o seu tipo de pele:

Pele normal

É a pele em que o óleo, a humidade e a acidez são equilibrados. É o tipo de pele ideal e bastante raro. A pele é fina, sem poros visíveis e macia ao toque. Tem tendência para secar com o tempo, pelo que necessita de cuidados para manter o equilíbrio.

  • Tom de pele uniforme: sem manchas nem irregularidades visíveis.
  • Textura fina, aveludada e suave ao toque (pele de pêssego).
  • Poros finos: não tem poros dilatados nem visíveis.
  • Tom de pele luminoso, claro e ligeiramente rosado.

Pele oleosa

A pele oleosa produz sebo em grande quantidade, pois as glândulas sebáceas trabalham em demasia. As causas desta situação são essencialmente hormonais: puberdade ou menopausa. Por vezes, este tipo de pele verifica-se em pessoas com 30 ou 40 anos. Existem duas variações de pele oleosa:

Pele oleosa brilhante:
  • O sebo sai da pele e torna-a permanentemente brilhante.
  • Tom de pele parece acinzentado.
  • A pele fica brilhante poucas horas após a limpeza diária.
  • Sensação que a pele não está realmente limpa, sendo oleosa ao toque.
  • A maquilhagem não se mantém.
  • Poros dilatados e visíveis a olho nu.
Pele com borbulhas:
  • O sebo não se cola à superfície, mas fica no canal do poro e oxida-se à saída, facilitando o desenvolvimento de bactérias.
  • Tom de pele com falta de luminosidade.
  • Presença de borbulhas e de pontos negros.
  • Pele rugosa, espessa e com textura granulada.

Pele seca

Existem três causas possíveis para a pele seca: desidratação, secreção sebácea insuficiente e a idade. A pele seca afeta maioritariamente as peles claras. Outros fatores que contribuem para a sua secura são: maus cosméticos, sabões fortes, exposição ao Sol e ao vento, aquecimento e ar condicionado. A falta de óleo natural tem que ser compensada por uma boa lubrificação externa. As medidas de tratamento de uma pele seca consistem em evitar a desidratação, conservando a humidade natural da pele.

  • Textura delicada apresenta-se à vista e ao tato, tensa e repuxada.
  • Escama e cai facilmente, podendo apresentar rugas e linhas, sobretudo, ao redor dos olhos e da boca.

Pele mista

É um tipo de pele em que certas zonas são oleosas e outras são secas.

  • A pele da testa, do nariz e do queixo tem tendência para ser oleosa.
  • O resto da pele é seca, sobretudo, em torno dos olhos e nas faces.

As zonas oleosas e as secas têm de ser tratadas de formas distintas, por vezes, com produtos de cosmética específicos para os dois tipos de pele diferentes (oleosa e seca).

 

Por Alexandra Lopes

Consultora de Imagem

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × two =